Inicio      Sobre      Agenda      Downloads      Forum      Fale Conosco      Global Site      Español      Português
Propagação
Talo
A Folha
A Inflorescência
O Sistema de Raiz
Brotação e Fase de Estabelecimento
Fase Perfilhamento
Fase de Crescimento dos Colmos
Fase de Maturação
Implicações Práticas
Variedades Aperfeiçoadas
Preparação da Terra
Material de Plantio
Tempo de Plantio
Irrigação da Germinação
Gerenciamento de Erva Daninha
Gerenciamento de Água da Irrigação
Fertirrigação
Cobrição
Desfolhamento
Escoramento (Amarrar)
Remoção de brotos de água
Gerenciamento de Colheita
Produção
Sintomas de Deficiência Nutricional
Pestes e Doenças
Inicio > Morfologia do Cultivo > O Sistema de Raiz
O Sistema de Raiz

No cultivo comercial de cana-de-açúcar, que é propagado de forma assexuada, o desenvolvimento do sistema de raiz é iniciado logo depois do plantio de uma porção do núcleo (sett) com pelo menos uma gema lateral.

 

As primeiras raízes formadas são as raízes do sett, que emergem de uma banda da raiz primordial acima da cicatriz da folha nos nódulos do sett. Raízes do sett podem emergir dentro de 24 horas de plantio, apesar de diferenças no tempo requerido para emergência da raiz ocorrem entre as variedades. Raízes sett são finas e com muitas ramificações, que sustentam a planta em crescimento nas primeiras semanas depois da brotação.

 

Raízes shoot são tipos secundários de raízes, que emergem da base do novo shoot 5 - 7 dias após o plantio. As raízes shoot são mais grossas e carnudas que as raízes sett e desenvolvem no sistema de raiz principal da planta. Raízes sett continuam a crescer por um período de 6 - 15 dias após o plantio, a maioria desaparecendo aos 60 - 90 dias enquanto o sistema de raiz shoot desenvolve-se e apropria-se do suprimento de água e nutrientes ao shoot de crescimento. Até a idade de três meses, as raízes sett contêm menos que 2% da massa seca da raiz.

 

Raízes sett inicialmente têm uma proporção de alongamento de poucos mm/dia, alcançando 20 mm/dia dentro de alguns dias de brotação sob condições favoráveis. Raízes shoot crescem mais rapidamente, com proporção de alongamento de até 80 mm/dia observadas, embora somente para curtos períodos de tempo. As proporções de crescimento médias sobre 10 dias foram 40 mm/dia em solos arenosos e 28 mm/dia em argila dura.

 

As proporções médias da penetração da raiz, ou o raio de descendência do sistema de raiz, de 20 - 30 mm/dia também foram relatadas. A penetração da raiz em outra tentativa foi 20 mm/dia para uma profundidade de 1.6 m para cultivos não irrigados, porém diminuídos em cultivos irrigados para 17 mm/dia no primeiro 1.0 m e 6 mm/dia entre 1.0 e 1.6 m.

 

A variação genotípica nos sistemas de raiz da cana de açúcar é bem documentado e aqueles que produzem muitos perfilhos normalmente produzem muitas raízes porque cada novo perfilho é uma fonte de raízes shoot. De forma similar, cultivos com maior penetração de raiz horizontal (gravitrópico fraco) são mais resistentes à lodging do que aquelas com um sistema de raiz gravitrópico mais forte.

 

Uma secção longitudinal da ponta da raiz consiste basicamente de quatro partes: a capa da raiz, o ponto de crescimento , a região de alongamento, e a região dos hairs raiz. A capa da raiz protege os tecidos mais suaves do ponto de crescimento enquanto a raiz a empurra através do solo. O ponto de crescimento consiste basicamente de um meristema apical, onde ocorre a divisão celular.

 

Na região de alongamento, as células aumentam em tamanho e diâmetro até elas alcançarem o tamanho máximo. A região da raiz hairs é caracterizada por células epidérmicas que formam outgrowths (hairs), que aumentam de forma dramática a superfície de absorção da raiz.

 

Send to a friend Top of Page Printable Version